RPG AJUDA PACIENTES COM FIBROSE EPIDURAL.



Filed under : ASSUNTOS DO DIA

A fisioterapeuta Erica Pacheco fisioterapeuta e aluna da pós-graduação em Cirurgia Geral da Faculdade de Medicina da UFRJ, realizou um estudo inédito sobre os efeitos da RPG (Reeducação Postural Global) na fibrose epidural. A fibrose epidural é um processo de cicatrização no pós-operatório de uma hernia de disco lombar. É um processo próprio dessa região e que infelizmente causa muita dor ao paciente. Alguns pacientes que se submetem a essa cirurgia podem ou não ter a fibrose, dependendo da reação de cada organismo. Já os pacientes que adquirem a fibrose epidural eles passam a sofrer uma dor igual ou até pior que aquela que os levou para a cirurgia. A fibrose pode comprimir toda a região onde foi retirada a hernia de disco enrijecendo os tecidos e muitas vezes compromete a saída dos nervos, acometendo até mesmo o ciático o que vem a provocar a dor intensa. Outros sintomas podem surgir, como dormencia dos membros inferiores e comprometendo até mesmo os movimentos.
A ciencia ainda não conseguiu determinar de forma clara, quais são os motivos pelos quais as pessoas submetidas a cirurgia de hernia de disco, poderiam desenvolver a fibrose epidural. Apesar de não existir nenhuma explicação de ordem científica para a ocorrencia da fibrose, acredita-se que ela pode ser fruto de uma manipulação durante o ato cirurgico, onde os pacientes mais sensiveis do que outros, estariam mais predispostos a desenvolver o problema.
Também não existe nenhum perfil que possa determinar o surgimento da fribrose, diferentemente do caso dos queloides, cuja prevalência maior é da raça negra, com relação a fibrose não é possivel estabelecer qualquer correlação.
A fisioterapeuta Erica Pacheco trabalhando com a Reeducação Postural Global e como a fibrose é um processo que comprime a região que estaria muito afetada pela cirurgia e a RPG que trabalha alongando a região e com isso liberando aqueles tecidos que encontram-se muito rígidos por conta da fibrose. Trabalhando dentro de padrões de alongamento, os pacientes que sofrem com dores, tiveram essa questão atenuada, por conta do alongamento, propiciado pela técnica da RPG.
A pesquisa aplicada pela Erica Pacheco aos pacientes mostrou que 56% deles ficaram bem, enquanto que aproximadamente 28% ficaram regular, sendo que os demais desistiram por conta da dor que é muito severa, já que a RPG trabalha com posturas. Para a fisioterapeuta, os resultados são extremamente positivos, principalmente por conta de que aqueles que sentiram os benefícios da RPG, praticamente puderam retomar normalmente as suas atividades.
A fisioterapeuta Erica Pacheco participou do programa Trocando em Miúdos desta quarta-feira, dia 06.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Leave a reply